sexta-feira, 30 de setembro de 2011

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Vai explodir!

Escândalo nas revistas.


Revista inglesa Smash Hits e o medo de todo o mundo de onde mais Madonna chocaria.



A estréia de Girlie Show na mídia, 18 anos atrás.
Imagens: site madonnaunderground.nl

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Moda + música

Se a parceria música e moda entre Madonna e Gaultier começou e se firmou na Blond Ambition Tour em 1990, a outra parceria duradoura, entre Madonna e Dolce & Gabbana começa e se firma em 1993 com o Girlie Show. Se até hoje Madonna é para os donos da marca uma amiga e excelente "modelo" para seus trabalhos, é por quê eles falam uma linguagem parecida e é visível na maneira como ela está caracterizada em personagens, que não são mais a Madonna, no palco, nesta turnê tão cheia de referências ao cinema e grandes clássicos e outras personalidades, que não a dela. Trabalho muito bem feito e muito bem compreendido pelos designers.


Esboços das idéias para os figurinos e temas do show:









domingo, 25 de setembro de 2011

Escândalo na imprensa

Revistas européias sobre a estréia da Girlie Show em Londres, em 1993. Perceptívelmente foi um escândalo. Perceptívelmente, havia muito pré-conceito sobre tudo aquilo.


Bravo Magazine,holandesa





Pop Corn Magazine, holandesa





Revista francesa, não tenho o nome.
imagens:madonnaunderground.nl

sábado, 24 de setembro de 2011

Show para maiores

O Girlie Show agora é maior de idade. 18 anos atrás, em 25 de setembro de 1993, estreava com muito escândalo e expectativa, no Wembley Stadium, em Londres, a turnê de Madonna que sucederia a até então mais polêmica turnê de uma cantora pop. Trazida por um álbum e um livro de alto teor erótico essa turnê continuou a missão temática desses trabalhos, que eram a descoberta e liberação sexual e mesmo passando longe da vulgaridade e da mostra sem censura de sexo ou comportamentos "imorais", foi tachada de peep-show, orgia pública, espetáculo grotesco.


Bem, cada um entende até onde consegue.


 Cartaz de divulgação da noite de estréia



Ingresso da noite de estréia





Edições do fã-clube oficial ICON, sobre a nova turnê!
imagens:madonnaunderground.nl

Quién es esa niña?




Parece que Madonna sabe quando está chegando para arrasar. Ah, ela sabe sim...

Na capa da revista Quién, na Espanha, uma imagem do tapete vermelho do Festival de Cinema, onde ela apresentou pela primeira vez seu filme W.E. E a pose, o sorriso, a atitude mostram nítidamente: eu sei quem sou e estou preparando uma volta triunfal para continuar mais uns bons anos no topo da mídia.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Festejando em segredo no Brasil

Foto tirada provavelmente na festa de encerramento da Sticky&Sweet Tour em São Paulo, em dezembro de 2008. Nesta noite foram tiradas as fotos que foram utilizadas na versão européia do single de Celebration, e Madonna levou Jesus Luz para passear pela primeira vez.



imagem:ultimate-madonna.com / autor:desconhecido

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A polêmica do laser (?)

Uma das coisas que mais se falava sobre o palco da Sticky&Sweet Tour, quando esta estreou em 2008 era sobre os lasers no palco redondo frontal em Vogue.





Mas que lasers??????????????????????????????????????





As luzes violetas embaixo do palco quando ele levantava eram fortes, muito luminosas, mesmo de longe, a cor era viva e nítida. Com as câmeras comuns e de celular com que os fãs filmavam e fotografavam o show, essa luz atinge os sensores da câmera e provoca uma distorção por causa de tanta informação de cor e movimentação... em muitos vídeos de Vogue era possível ver isso... raios de luz violeta que saiam das lâmpadas do palco, o que tornavam a tecnologia mais incrível a ainda... na cabeça de fãs, claro. Não havia nenhum laser e nem teria como os feixes de laser saírem na vertical, se as lâmpadas ficavam na horizontal e embaixo da plataforma... E esta foto em Chicago mostra bem o efeito que enganou tanta gente...









Como se já não bastassem os milhares de cristais Swarovksi nos "M" laterais do palco... que eram um enorme pano.

O evangelho... de Madonna


Capa exclusiva da Rolling Stone Brasil, Novembro de 2008




Em 2008, com a proximidade dos shows de Madonna no Brasil, a imprensa, a mídia e todo mundo, começaram a falar sobre o show que iria ser visto por milhares aqui, mas também sobre a importância e significado dela na história da música recente e sobre o poder de sua imagem, utilizada cada vez de acordo com o momento e uma mensagem específica, e no caso, na época dos shows, sobre a mulher que chegava aos 50 anos, sem aceitar-se como velha, mas mulher que insistia em ser uma pessoa ativa, atuante e criativa.




Capa exclusiva da Rolling Stone Brasil

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O tamanho da Madonna

Revista Época São Paulo - Dezembro de 2008




No mês em que Madonna veio trazer sua grandeza á cidade de São Paulo (e também ao Rio de Janeiro), a edição da revista Época dedicada a cidade de São Paulo e suas atrações trouxe na capa o tamanho da importância da passagem de Madonna por aqui. A movimentação, o turismo, as vendas, o transporte na cidade com esse evento, além da potência do show de uma cantora com 25 anos de carreira ininterruptos e fenomenais.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Huh! Behave!


Canção que ganhou Grammy de Melhor música escrita para filme ou televisão ou outra mídia visual em 2000.
Escrita por Madonna e William Orbit e lançada na trilha do filme Austin Powers: The spy who shagged me, lançado em 1999. O vídeo e o single, também lançados neste ano fizeram grande sucesso, chegando a atrapalhar o single mais recente de álbum de Madonna, Nothing really matters.


Após toda a energia espiritual do disco Ray of light, Madonna avançava para sua próxima fase já deixando a sensualidade e a dança livre e descompromissada tomarem conta novamente do seu estilo.


Beautiful stranger, dirigido por Brett Ratner (o mesmo de Dragão vermelho, X-Men 3 e seriado Prison Break):


Live in Roseland Ballroom, 2000

Roseland Ballroom, Nova York, 05 de novembro de 2000.

Praticamente suas volta aos placos, após a Girlie Show. Desde esta turnê, Madonna só havia feito performances de uma música, em premiações e ventos. Montar um setlist com novidades e subir num palco com cenário, backing vocals, banda e dançarinos, não mais. Impressive instant, Runaway lover, Don't tell me, What it feels like for a girl, Music e Holiday foram as escolhidas para a divulgação de seu novo álbum, Music.